- Informações - Cooper Fleet Logística®

Seja bem vindo a Cooper Fleet  -  COOPERATIVA DOS TRABALHADORES DE SERVIÇOS NA ÁREA DE TRANSPORTES EM GERAL
Sede Social: Rua Soldado Cesário de Aguiar, 150
Parque Novo Mundo - São Paulo - SP - CEP: 02188-010
(+55) 11 3473 - 9119
comercial@cooperfleet.org.br
Registro na OCB/OCESP sob o nº 00009266
Ir para o conteúdo
Seja bem vindo ao mundo cooperativo!

Papel do Cooperado

Para formar uma cooperativa é necessário que as pessoas interessadas estejam conscientes do que pretendem. O cooperado deve estar ciente de sua função de dono e usuário da sociedade. Organizado em comitês, conselhos, núcleos ou comissões, ele deve contribuir da melhor maneira possível em favor daqueles que recebem a incumbência da administração da empresa, para que todas as decisões sejam corretas e representativas da vontade da maioria.

Direitos do cooperado

  • Votar e ser votado;
    • Participar de todas as operações da cooperativa;
    • Receber retorno de sobras apuradas no fim do ano;
    • Examinar livros e documentos;
    • Convocar assembleia, caso seja necessário;
    • Pedir esclarecimento aos Conselhos de Administração e Fiscal;
    • Opinar e defender suas ideais;
    • Propor ao Conselho de Administração, ou à assembleia Geral, medidas de interesse da cooperativa.

Deveres do cooperado

  • Operar com a cooperativa;
    • Participar das Assembleias Gerais;
    • Pagar suas quotas-parte em dia;
    • Acatar as decisões da assembleia Geral;
    • Votar nas eleições da cooperativa;
    • Cumprir seus compromissos com a cooperativa;
    • Zelar pela imagem da cooperativa;
    • Participar do rateio das perdas, se ocorrerem e das despesas da cooperativa.



Em caso de incompatibilidade de objetivos dentro de uma cooperativa pode ocorrer:

  • Demissão: o associado de livre e espontânea vontade requer, por escrito, seu pedido de afastamento da cooperativa, sendo que este não poderá ser negado pela administração, desde que o associado esteja em dia com as suas obrigações.
  • Eliminação: será sempre realizada por decisão e aprovação do Conselho de Administração, por desrespeito à lei, ao estatuto ou às normas internas da cooperativa. Os motivos de eliminação devem constar no livro de matrícula.
  • Exclusão: ocorre por dissolução da pessoa jurídica, por morte da pessoa física, por incapacidade civil não suprida ou por deixar de atender aos requisitos estatutários de ingresso ou permanência na cooperativa.


Diferenças entre os empreendimentos cooperativos e as empresas mercantis.

Empreendimento cooperativo

  • Sociedade simples, regida por legislação específica;
    • Número de associados limitado à capacidade de prestação de serviços;
    • Controle democrático: cada pessoa corresponde a um voto;
    • Objetiva a prestação de serviços;
    • Quórum de uma assembleia é baseado no número de associados;
    • Não é permitida a transferência de quotas-parte a terceiros;
    • Retorno dos resultados é proporcional ao valor das operações.

Empresa mercantil

  • Sociedade de capital – ações;       
    • Número limitado de sócios;
    • Cada ação – um voto;
    • Objetiva o lucro;
    • Quórum de uma assembleia é baseado no capital;
    • É permitida a transferência e a venda de ações a terceiros;
    • Dividendo é proporcional ao valor de total das ações.


Recapitulando os pricípios do Cooperativismo são:

Adesão livre e voluntária: cooperativas são abertas a qualquer pessoa apta a utilizar seus serviços, sem qualquer tipo de discriminação;
Gestão democrática: um membro = a um voto. Assim, todos os membros participam da formulação de políticas e decisões na empresa;
Participação econômica: todo associado deve contribuir para o patrimônio da cooperativa. O uso desse patrimônio será decidido democraticamente;
Autonomia e independência: a cooperativa deve se manter autônoma mesmo que realize parcerias ou recorra a capital externo;
Educação, formação e informação: a cooperativa deve contribuir para a educação, formação e informação de seus associados;
Intercooperação: cooperativas devem trabalhar em conjunto a fim de fortalecer o movimento em nível local, regional, nacional e internacional;
Interesse pela comunidade: políticas para o desenvolvimento da comunidade em que a cooperativa está inserida devem ser realizadas;

Cooperativismo no Brasil
Desde a época da colonização portuguesa, a cultura cooperativista existe no Brasil. Em 1610, com a fundação das primeiras missões jesuítas, já havia a construção de um estado cooperativo em bases integrais.
Dessa forma, por mais de 150 anos, esse modelo deu exemplo de sociedade solidária, fundamentada no trabalho coletivo. Nesse sentido, o bem-estar do indivíduo e da família, estava acima do interesse econômico da produção.
Porém, oficialmente, o movimento teve início no século XIX, em 1889, em Minas Gerais, com a fundação da Cooperativa Econômica dos Funcionários Públicos de Ouro Preto. O foco era no consumo de produtos agrícolas. Depois dela, no século XX, surgiram outras cooperativas em Minas e, também, nos estados de Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo, Espírito Santo e Rio Grande do Sul. Em 2 de dezembro de 1969, o cooperativismo ganhou a própria entidade de representação. A OCB foi cria e, no ano seguinte, registrada em cartório.
Foram as cooperativas que começaram a comercialização dos produtos agropecuários brasileiros.

Legislação
Dois anos depois, a Lei 5.764/71 disciplinou a criação de cooperativas com a instituição de um regime jurídico próprio, destacando o papel de representação da OCB, mas trazendo ainda alguns pontos que restringiam, em parte, a autonomia dos associados. A Constituição de 1988 acabou com essa limitação, pois a interferência do Estado nas associações ficou proibida, assim, dando início à autogestão do cooperativismo.


Conheça as vantagens de ser um cooperado!

Você esta interessado em entrar no mundo cooperatista? Cada Cooperativa tem o seu diferencial e o ideal é que antes de se cooperar, o candidato,
avalie suas nescecidades. A cooper Fleet está em franca expanção, estamos de portas abertas pra receber novos cooperados,
venha conhecer nossa cooperativa!
Faça conosco o treinamento sobre cooperativismo, fique por dentro.   







SEG - SEXTA 08 AM - 17 PM
SAB --  DOM   FECHADO
Copyright © 2019 - 2022 | CooperFleet
Produzido por eliseumesquita.online

Sede Fiscal: Rua Cachoeira, 736, andar 02, sala 04
Jardim Rosa de Franca - Guarulhos - SP - CEP: 07080-000
(+55) 11 3473 - 9119
comercial@cooperfleet.org.br
“NENHUM DE NÓS É TÃO BOM QUANTO TODOS NÓS JUNTOS!”   Ray Kroc
Sede Social: Rua Soldado Cesário de Aguiar, 150
Parque Novo Mundo - São Paulo - SP - CEP: 02188-010
Voltar para o conteúdo